Postado por Conexia Educação | 23/jul/2019 | Categorias: Institucional

Benefícios do uso das redes sociais para as escolas

As redes sociais estão no cotidiano dos alunos, dos pais e dos professores, mas nem sempre as escolas estabelecem uma ponte capaz de conectá-los de forma eficiente. Na maioria das vezes, as instituições até conseguem atualizar as suas páginas diária ou semanalmente, no entanto as informações aparecem descoladas do dia a dia dos estudantes, afastando o público da própria comunidade escolar.

Além das aulas propriamente ditas, atualmente as escolas exercem um papel muito importante, que é o fortalecimento das relações entre os educadores e os pais dos alunos. E essa conexão precisa alcançar as redes sociais do século XXI, estabelecendo pontos de contato muito mais próximos, projetando uma vitrine influenciadora de suas boas práticas educacionais.

Pensando nisso, destacamos aqui alguns aspectos que podem reforçar essa sintonia, estimulando a interação dos pais com as escolas por meio das redes sociais:

Fotos e vídeos das atividades

Antigamente, os pais precisavam aguardar vários dias ou até semanas para receber as fotos dos eventos realizados dentro da própria escola. Hoje em dia, as excursões dos alunos a zoológicos, museus, exposições, espetáculos – ou acampamentos das turmas em outras cidades –, podem ser acompanhadas praticamente em tempo real pelo Facebook ou Instagram. Com isso, os responsáveis conseguem interagir com os professores durante o evento, e não apenas depois que ele termina.

Transmissão ao vivo

No caso de eventos promovidos pela escola e realizados pelos próprios alunos, já é possível assisti-los pelo celular, de qualquer lugar. Sabemos que nem sempre a família pode estar presente, a poucos metros de distância do neto ou do sobrinho que está se apresentando ali. Portanto, poder visualizar e compartilhar momentos tão especiais, em tempo real, na velocidade de um clique, é uma facilidade que os pais e avós já começam a dominar nesse mundo de interatividade pelas redes. Nesse contexto, cabe às escolas proporcionar uma simples transmissão online pelo Facebook, por exemplo, ampliando o acesso às suas atividades extraclasse para toda a comunidade escolar e gerando um engajamento espontâneo.

Calendário da escola

As ferramentas de criação de eventos pelas redes sociais também estabelecem uma relação mais próxima da família com a escola. Divulgar as próximas atividades, exibindo detalhes interessantes e convidando os pais diretamente para participar, é uma das estratégias que reforçam a proximidade de todos com os alunos. Além de ter mais informações, os pais receberão alertas quando a data estiver chegando e, depois de realizada a atividade, poderão ver as fotos, vídeos e outros conteúdos relacionados.

Canais de atendimento

Por meio das redes sociais, o contato entre os pais e a escola também ficou muito mais estreito. As mensagens são recebidas instantaneamente e respondidas o mais rápido possível, sem intermediários, na maioria das vezes. Com isso, os pais conseguem sanar dúvidas mais simples ou mais complexas, sem precisar telefonar ou ir até a escola, por exemplo, agilizando todo o processo de acompanhamento.

Novos alunos

A vitrine criada pelas escolas nas redes sociais também precisa ser persuasiva para atrair novos alunos. É pelo Facebook, Instagram, blog, Youtube e etc. que as pessoas buscam informações e referências para fazer as suas escolhas atualmente. Com as escolas, isso não é diferente. O site das instituições não é mais suficiente para convencer os pais a matricular os seus filhos. Eles procuram as recomendações e as indicações de outras pessoas para formar a sua opinião e avaliar se este ou aquele colégio é melhor para a sua família. Em vista disso, é fundamental priorizar essa comunicação e projetar estratégias específicas.

Como vimos, as redes sociais hoje podem ser consideradas as melhores aliadas das escolas nesse quesito de relacionamento com os pais. Até pouco tempo atrás, os sites centralizavam essa função, mas isso mudou. Com a interatividade pelo celular, o contato entre a comunidade escolar ficou muito mais pessoal. As escolas, portanto, devem corresponder a essa expectativa, criando esses canais diretos, e conscientes do seu papel de promover um aprendizado em conexão com os novos tempos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *